Seja bem-vindo, visitante

Olá, Visitante. Chegou aqui, vindo sei lá de onde, quiçá cansado de tantas caminhadas e descaminhos. Pois bem, sente-se, relaxe e leia algumas destas coisinhas, vai ver que fica melhor... Um abraço da Felipa

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Às Almas do Purgatório


Ó Almas do Purgatório
Que já fostes como eu
Vou pedir a Deus por vós
Para irdes para o céu.

Alminhas dos meus defuntos
Eu por vós peço a Deus
Que deixeis o Purgatório
Para irdes para os Céus.

Ó Almas do Purgatório
Que vos preparais pró Céu
Vós por mim e eu por vós
Rogaremos ao bom Deus.

Alminhas do Purgatório
Aquelas que estão mais sós
Se ninguém de vós se lembra
Peço eu a Deus por vós.

P’las Almas do Purgatório
As que mais tenho amor
E p’las mais abandonadas
Por todas peço ao Senhor.

(Felipa Monteverde)

1 comentário:

Ailime disse...

Felipa, boa noite,
Muita bela esta sua forma de orar pelas Almas do Purgatório!
O seu poema está muito bonito e eu gosto muito de poesia.
Grata por partilhá-lo.
Um beijinho.
Ailime